quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Contos Eróticos - Sexo com o Filho do Patrão





Contos Eróticos - Sexo com o Filho do Patrão

Antes de começar o conto eu gostaria de pedir desculpas pelo atraso dos posts e porque minha vida sexual tem sido muito cheia, e estou meio sem tempo, e mandar um beijo para todos os comentários carinhosos feitos nos vídeos, um beijo bem gostosa nessa rola gostosa de vcs. Bom o conto de hoje sobre o meu primeiro emprego Comecei a trabalhar em uma empresa muito conceituada  meu patrão era um homem muito serio e não permitia  que os funcionários se relacionassem de nenhuma forma ,eu nem pensava nisso eu era nova so queria trabalhar para ter o dinheiro para gastar nas baladinhas .

Eu fiz amizades com muitos carinhas da empresa, sempre ia trabalhar com um super Decote e uma calça que sempre marcava minha calcinha fio dental. todos babavam, em um certo dia marquei de irmos ao barzinho para beber e quem sabe transar com o mais gatinho de todos que era o  Daniel, no barzinho as coisas estavam esquentando, e  eu estava de sainha bem curtinha  e antes de começarmos a beber fui ao banheiro e  tirei meu fil dental que estava todo molhadinha e cheirando a buceta,  para ficar mais a vontade

quando voltei quiz mostrar para o Daniel então com minha calcinha na palma da mão esfreguei no nariz dele para ele sentir o cheirinho e disse para ela que essa era a minha calcinha fio dental , vi o volume da  calça dele  subir, fomos para um lugarzinho isolado comecei a fazer carinho no Daniel com muito medo do que poderia acontecer ficava cheia de tesão mais ao mesmo tempo sem graça peguei a mão dele Comecei a me masturbar com ela colocando o dedinho na minha xota e tirando ele ficou louquinho, em seguida chegou um cara muito bonito e forte parecia estar interessado no que estava acontecendo e Daniel  ficou sem graça e quiz parar pois o cara era conhecido não deixei ele parar continuei fazendo as mesmas coisas ,  o cara se aproximou pegando nos meus seios só dele tocar neles senti meus mamilos ficarem durinhos ele tinha um jeito especial de pegar ,pedi para que fossemos para um Motel ali na rua a frente entramos os três no motel o Daniel ja estava ficando mais animado,  Ao chegar no Quarto o Daniel  veio tirando minha roupa e chupando meus peitões se enchendo de prazer aproveitei para puxar o pau do outro e chupa-lo como nunca havia chupado ninguém pois aquele cara havia me deixado loka somente com suas mãos ,chupei bastante quando ele gozou jorrando aquele jato super quente na minha cara ele pediu para que fossemos para a banheira que ja estava cheia os dois terminaram de tirar minha roupa e o mais forte me pegou no colo

- vou ensinar para vc como um Homem de verdade faz com uma Putinha cheia de terão me colocou na banheira de 4 e começou um maravilhoso beijo grego enquanto o Daniel  que era veio em baixo e começou  chupar minha xota
e  me deixou muito mais excitada do que ja estava ,pedi que fosse 1 de cada vez na penetração mais os dois não aceitaram então deixei o eles decidirem ali eu era somente a putinha dos dois, depois de ser chupada por inteira pelos dois que no final de cada lugar que dividiam chupando juntos davam aquele beijo passando meu gozo pela boca dos dois aquilo me deixava super excitada
 Pedi para q eles que me  penetrassem pois já estava louquinha para sentir aqueles dois homens enormes dentro de mim o Daniel pediu para ter as honras de começar. me puxou pelos cabelos  me colocou d 4 e colocou no meu cuzinho nossa ali delirei de prazer enquanto me fodia por trás mordia meu pescoço e minha nuca abrir as penas de maneira discreta pedido para o outro vim com tudo ele veio e colocou bem devagarzinho me fazendo gemer aos poucos quando menos esperava os dois começaram ao mesmo tempo me foder aquilo foi um sensação super especial ficamos ali por horas até que o Daniel  gozou e ficou paradinho e me deixou fazer um pouco do serviço fiquei de ladinho  e pedi para q o fortão viesse com tudo comer meu cuzinho enquanto eu chupava a pica mole gozadinha do Daniel mas não conseguiu mais ficou me chupando enquanto o fortão me comia bem fortão rsrsrs dormimos ali mesmo os três pelados naquela cama redonda claro na noite rolaram varias transas individuais dei até de manhã mais o melhor foi na segunda-feira quando fui trabalhar ao chegar no serviço o patrão me disse que seu filho tinha chegado do exterior e iria trabalhar na empresa quando ele chamou o filho que eu olhei quem era,  era meu fortão que pensei que nunca mais iria ver ..ai o Daniel passou por mim e disse porra meu vc deu pro filho do patrão começamos a rir e dai para frente sempre dou para o filho do patrão mais agora não em um Motel e sim encima da mesa do seu escritório saio toda meladinha e ele  ainda passa me dando ordens pois agora subi de cargo sou diretora da empresa quem disse que a buceta não leva a careira !!!

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Contos Eróticos - Festa de Swing com meus Pais

Contos Eróticos - Festa de Swing com meus Pais

 


Hoje eu vou contar uma historinha bem picante, meus pais são adeptos do swing e sempre que eu viajava eles faziam  festinhas com vários casais fazendo sexo ao mesmo tempo , eles achavam que eu não sabia mas eu sempre desconfiei disso, eu tinha  19 anos e resolvi não viajar dessa vez , queria participar dessa festinha, eram 6 horas da tarde e começaram a chegar os casais na minha casa, e a festinha privada de muito sexo tinha acabado de começar, eu tinha dito aos meus pais que ia viajar durante o final de semana , mas dessa vez eu não fui, era comum nessas festinhas as pessoas usarem aquelas mascaras que tapam o rosto, então eu esperei um tempo fora da casa e coloquei a minha também para poder entrar sem problemas, como eram muitos casais eu passei despercebida entrei na festinha e me deparei com aquela orgia que me fez ficar louca de tesão, os meus pais estavam lá na minha frente fazendo sexo com parceiros diferentes  , meu pai estava fudendo uma loira bem safada e minha mãe estava com um homem alto que a colocava a pica na boca dela ate ela engasgar, aquilo me deixou muito excitada. Já estava ficando meio escuro e havia um jogo d e luzes dentro da casa, então estava tranquilo não iam me reconhecer, então resolvi ir ate meu pai sem que ele soubesse claro, eu estava nervosa eu não podia ser reconhecida. Não falei nada fiquei de joelhos e comecei a mamar o cacete do meu pai , hummm era muito gostoso , mamar aquela  a pica do meu pai sem que ele soubesse que eu era sua filha, então ele começou a tocar na minha bucetinha, eu estava toda molhadinha com um melzinho escorrendo da minha buceta d tanto tesão era muito gostoso logo depois ele  foi chupar minha buceta e meu pai lambendo  minha xota com muito tesão enquanto minha mãe olhava aquela cena, meu pai tinha uma boca super macia  e uma barba que pinicava bem gostoso na minha buceta e no meu cuzinho ele mordia muito gostoso meu grelinho  e me deixava louca de tesão enquanto um amigo dele colocava a pica dentro da minha boca e me fazia chupar igual uma puta no cio,  eu queria sentir aquela pica dentro da minha buceta então eu fiquei  na posição frango assado e meu pai começou a me fuder , foi umas das melhores sensações que já tive, ele me fodeu muito gostos  eu gritava gemia estava louca de tesão, eu gozei muito gostoso, e meu pai depois que me fez gozar gozou em cima dos meus seios. Bom depois disso eu me limpei e fui embora, ate hoje meus pais não sabem quem era aquela ninfeta puta que deixou os homens e as mulheres com muito tesão. E eu guardo aqui na memoria aquele dia maravilhoso e toco muita siririca relembrando aquela delicia. Alias eu estava tocando enquanto contava essa historinha pra você deixa eu sentir o gostinho do melzinho na minha buceta.